Publicidade

Pregação sobre a Dracma Perdida: O Amor e a Alegria do Pai Celestial Lucas 15:8-10

 A Busca pela Dracma Perdida: O Amor e a Alegria do Pai Celestial


Introdução:


Vamos explorar a parábola da dracma perdida, uma das preciosas histórias contadas por Jesus registradas no Evangelho de Lucas. Esta parábola revela a profundidade do amor de Deus por nós e Sua busca incessante por cada alma perdida. Vamos examinar cada aspecto dessa parábola e extrair lições poderosas para nossas vidas hoje.

Publicidade

I. O Valor da Dracma Perdida


No início da parábola, Jesus destaca o valor da dracma perdida, comparando-o ao zelo e à atenção de uma mulher que perdeu uma moeda de prata, como vemos em Lucas 15:8. Assim como a dracma era uma parte valiosa do sustento de uma casa, cada alma perdida é preciosa aos olhos de Deus, e Ele deseja ardentemente que cada uma delas seja encontrada e restaurada.


II. A Busca Determinada pela Dracma


A mulher na parábola não descansou até encontrar a dracma perdida, como observamos em Lucas 15:8. Sua busca foi determinada e incansável. Da mesma forma, Deus busca diligentemente por aqueles que estão perdidos, nunca desistindo de procurar até que sejam encontrados.


III. A Importância de Iluminar a Casa


A mulher acendeu uma lâmpada e iluminou toda a casa para encontrar a dracma perdida, conforme relatado em Lucas 15:8. Isso destaca a importância de trazer luz para os lugares escuros e escondidos de nossas vidas e da sociedade, revelando o pecado e a necessidade de salvação.


IV. A Limpeza da Casa na Busca pela Dracma


Além de iluminar a casa, a mulher também varreu e limpou a casa enquanto buscava pela dracma perdida, como mencionado em Lucas 15:8. Isso ilustra a necessidade de purificação e santificação em nossas vidas enquanto buscamos a presença e a vontade de Deus.

Publicidade

V. A Alegria pelo Encontro da Dracma Perdida


Quando a mulher encontrou a dracma perdida, ela experimentou grande alegria, como vemos em Lucas 15:9. Essa alegria representa a alegria celestial que ocorre no céu quando um pecador se arrepende e retorna para Deus. É uma alegria que transcende todas as outras e é compartilhada por todos os anjos no céu.


VI. A Celebração Compartilhada pelo Encontro


A alegria pela dracma encontrada foi compartilhada com amigos e vizinhos, como relatado em Lucas 15:9. Isso nos lembra que a salvação de uma alma não é apenas uma questão pessoal, mas uma celebração que deve ser compartilhada com a comunidade dos crentes e com todos ao nosso redor.


VII. O Paralelo entre a Dracma e as Almas Perdidas


Jesus conclui a parábola fazendo um paralelo entre a dracma perdida e as almas perdidas, como vemos em Lucas 15:10. Assim como a mulher valorizava a dracma e se esforçava para encontrá-la, Deus valoriza cada pessoa e Seu coração anseia pela restauração de cada alma perdida.


VIII. A Importância do Arrependimento e da Busca por Pecadores Perdidos


Essa parábola também nos lembra da importância do arrependimento e da busca por pecadores perdidos. Assim como a mulher buscou diligentemente pela dracma perdida, somos chamados a buscar aqueles que estão perdidos e compartilhar o amor e a mensagem de salvação de Cristo com eles.


IX. A Demonstração do Amor de Deus pela Busca da Dracma Perdida


Por fim, a parábola reflete o amor de Deus por nós, demonstrado por Sua busca incansável por cada alma perdida. Ele não deseja que ninguém se perca, mas que todos venham ao arrependimento, como expresso em Lucas 15:10.

Pregação sobre a Dracma Perdida: O Amor e a Alegria do Pai Celestial

  1. Pregação sobre a Arca de Noé: O Chamado, a Fé e a Promessa de Deus
  2. Pregação sobre a Arca da Aliança: Seu Significado e sua Glória
  3. Pregação sobre Rocha: Refúgio e Fortaleza em Tempos de Tribulação

Conclusão:


Assim como a mulher na parábola da dracma perdida, Deus busca incansavelmente por nós, Suas preciosas criaturas. Que possamos reconhecer o valor que temos aos olhos de Deus e responder ao Seu chamado com arrependimento e fé. Que possamos também compartilhar o amor e a mensagem de salvação de Cristo com todos ao nosso redor, sabendo que há grande alegria nos céus por cada alma perdida que é encontrada

 
Sobre | Termos de Uso | Políticas de Cookies | Política de Privacidade

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu único Filho para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas tenha vida eterna João 3:16